A sopa thai

Trabalhei alguns anos em um banco de investimentos. A melhor parte desta minha vida passada foram as várias viagens e o ano em que morei em NY. Aos 23 anos mudei de mala e cuia para a capital do mundo. Foi um ano fantástico, muito trabalho, mas vários amigos novos e viver em uma das cidades mais cosmopolitas do mundo. Meu hobby predileto neste tempo – os restaurantes! E foi em NY que me apaixonei pela comida tailandesa, vietnamita. Frequentava muito um restaurante chamado Rain, delicioso e simples. Também tive o prazer de ir ao Vong, o restaurante thai do chef Jean Georges Vongerichten.

Já no Brasil, pedi um dia off no banco para poder ir ao médico e fazer uns exames. Havia passado na loja Spicy e vi que eles tinham alguns cursos com o chef Luiz Cintra. Adorei a ideia de fazer comidinhas thai/vietnamitas e me inscrevi. De lá, não parei mais. Fui a restaurantes thai em Londres, San Francisco, Sidney, Sao Paulo (o Danang, era o máximo), até na praia do Espelho no restaurante da Silvinha comi pratos com influência thai. Hoje gosto demais do restaurante Oba, seus pratos thai são maravilhosos. Também curto as receitas thai do Mercearia do Conde.

Os pratos thai são surpreendentes. Aromáticos, unindo cinco sabores – picante, azedo, doce, salgado e amargo. Sou aficcionada. Não dá para esquecer um bom prato thai. A complexidade dele mexe com os sentidos. Um dos meus prediletos é a minha sopinha thai, a Tom Kha Gai. Já vi tantas versões para ela. Mas tenho as minhas! Advinha se agora não tenho uma versão RAW?

Ela é a mistura do picante da pimenta e do gengibre, o doce do mel e do coco, o azedo do limão, o salgado do Nam Pla ou do próprio sal, o amargo da casca do limão e os perfumes do capim santo, do gengibre, do coentro, manjericão, cebolinha… hum, já me deu água na boca!

Vou passar as duas versões e você pode escolher – uma quentinha vegetariana ou não e uma crua, viva e rápida.

Sopa Thai

Tamanho meu amor por ela, foi meu prato eleito no último dia de aula no Atelier Gourmand.

iphone2012-6-779

Esta é uma versão crua, fiz num jantar para amigos em dezembro.

Tom Kha Gai quente

300 gr de peito de frango (suprima se quiser vegetariana)

2 colheres de sopa de óleo

1 cebola picada

1 dente de alho picado

60 gr de gengibre picado

150 gr de cogumelos shitake

4 xícaras de caldo de frango (se der, faça em casa, se quiser vegetariana, troque por caldo de legumes)

300 ml de leite de côco (se quiser fazer em casa é só bater 100 g de coco ralado fresco com água e coar)

casca de meio limão

¼ de xícara de coentro

60 ml de suco de limão

2 colheres de sopa de nam pla (molho de peixe a venda em mercados na liberdade e no Santa Luzia. se quiser vegetariana, suprima e troque por 1 dente de alho)

8 folhas de capim santo picadas ou 2 saquinhos de chá de capim santo

1/2 pimenta dedo de moça sem sementes picadinha ou tabasco ou pimenta chili

sal marinho a gosto

Ao servir

cebolinha

manjericão

Preparo 

Em um caldeirão, refogue a cebola, o gengibre e o alho em duas colheres (de sopa) de óleo vegetal.

Acrescente o caldo de frango ou legumes, as folhas de coentro, e o capim santo, coloque também a casca do limão. Cozinhe por 15 minutos, acrescente o leite de côco, o nam pla e a pimenta. Cozinhe por mais 10 minutos em fogo baixo. Coe e reserve.

Corte o shitake em pedaços de 2 x 2 cm, fazendo o mesmo com os peitos de frango. Em uma frigideira refogue o shitake, acrescente os peitos de frango e refogue por dois minutos. Leve a mistura ao caldeirão com o caldo. Cozinhe por mais 10 minutos em fogo baixo, acerte o sal, apague o fogo. No momento de servir coloque o manjericão e a cebolinha picadinhos.

Tom Kha Gai – RAW ou comida Viva

500 ml de leite de coco (faça em casa com 200 g de coco fresco ralado e água)

300 ml de agua

1/2  xícara de de capim santo fresco picada

1 colher de sobremesa de coentro sem o talo

1 dente de alho

1 colher de cha de tabasco

1/2 xicara de limao espremido

1 colher de sopa de raspa de limao

1 colher de sobremesa rasa de gengibre picado

1 colher de sopa de mel ou agave (vende no Santa Luzia, Mundo Verde use pras crianças no lugar de açúcar nos bolos, doces, etc)

1/2 pimenta dedo de moça picada

acertar o sal marinho e a pimenta

Bater tudo e coar. Colocar na geladeira. Pode servir em copinhos, fica linda!

No final acrescentar nos copinhos um teco de cada

1/2 pimenta dedo de moça picada bem miudinha (opcional)

3 colheres de sopa de coentro picado

2 colheres de sopa de manjericao picado

Espero que amem tanto quanto eu!

10 comentários sobre “A sopa thai

  1. PRISCILA disse:

    Oi Renata! Assisti o programa Você Bonita (26 de novembro) no qual você fez uma dessas sopinhas. Fiquei interessada em saber dos ingredientes da sopa
    que você fez com capim santo. Pode me passar os mesmos ingredientes da sopa que você fez no programa? Super beijo!

      • Izabel disse:

        Olá Renata Rea assisti o programa VB hoje e gostei das receitas de sopas que vc passou, mas não deu para pegar as receitas, poderia postar. obrigada.
        Izabel.

  2. Giovanna disse:

    Oi Renata assisti ao programa você bonita, onde vc ensinou a fazer a sopa thai, onde eu moro não estou encontrando para vender a pimenta caiena e o capim santo, com o que eu poderia substituir? Obrigada

    • renatarea disse:

      Oi Giovana, qualquer pimenta vermelha fica bom. Pode ser molho de pimenta mesmo. Quanto ao capim santo, faça um chá de erva cidreira bem forte, dois saquinhos para uma xícara de água e substitua por parte da água da receita. Bjs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s