Retiro Raw Food e Wrap de alga e vegetais

Este feriado me dei um presente, um tempo para descansar, me alimentar de maneira saudável e pensar na vida. Fui para a linda Fazenda Lila, em Sao Bento do Sapucaí praticar yoga e comer comidas preparadas com carinho pela chef de Raw Food Manuela Scalini. Batemos muitos papos, Manu é super alto astral, feliz, linda além de deter um conhecimento muito vasto sobre alimentação natural e viva. Aprendi coisas maravilhosas e relembrei outras tantas que estudo há tantos anos em meus livros, nos sites, e que aprendi pela vida com pessoas abençoadas.

Conheci muitas pessoas bacanas, e adorei experimentar novos pratos, conhecer mais sobre esta culinaria VIVA, tão em voga mundo afora.

Os pratos são bonitos e apetitosos. Mas como tudo que me limita me aflige, senti falta de uma comida quentinha a noite. Tirei algumas boas conclusões deste tempo e resolvi compartilhar com vocês.

1) Dietas extremamente restritivas são para poucos e espartanos seres humanos. Ainda não atingi este estágio de desapego de pecadinhos gostosos, preciso às vezes experimentar coisas banais ou sofisticadas, mas que definitivamente não ganhariam uma medalha por fazer bem para o corpo. Portanto a meta é outra – ter uma alimentação bacana a maior parte do tempo e experimentar alimentos nem sempre saudáveis mas gostosos (sem nenhuma culpa) em alguma refeição na semana é bom para relaxar e para ver que temos domínio sobre nossa saúde e nossa mente.

2) De tudo podemos tirar boas lições. Eu já incluí sucos verdes, green smoothies e saladas generosas espalhados por café da manha, almoço, lanches. Quando consumo grãos são orgânicos, integrais e ficam de molho como minha amiga Pat Felman já deu a dica no blog dela (Pat é culinarista natural das boas e vende caldos divinos, não percam!!!). No jantar, quero minha sopinha que até pode ser magrinha, mas se não  estiver muito calor tem que ser quentinha.

3) Procurar alternativas boas a alimentos que julgamos não viver sem e variar a alimentação. Ninguém precisa ingerir laticínios, carnes, farinhas todos os dias.

  • Primeiramente evite alimentos que vem em caixas, e tem mais de alguns ingredientes… molho de tomate pronto não é um bom alimento, biscoito também não. Quanto mais próximo a natureza melhor.
  • Use poucos e bons óleos – coco, gergelim, abacate, linhaça ou nozes (os dois últimos devem morar na geladeira e vir em vidros escuros) e oliva extraídos a frio. Uma manteiga clarificada também é boa opção, se for orgânica então, melhor.
  • Leite de oleaginosas no lugar do leite de vaca, queijos de cabra e búfala no lugar do de vaca, tão contaminado pela produção em escala gigante.
  • Se for consumir frango e ovos que sejam orgânicos ou caipiras.
  • Tapioca para variar do pão (este claramente integral, a não ser no final de semana, ou num dia ou outro). Meus filhos e marido adoram, com muzzarela de bufala fatiada ou banana e canela. Não acho que todos devem parar de comer gluten, diminuir é bom (apesar de ter atestado que a dieta sem gluten para desinchar é ótima e várias pesquisas comprovam que para qualquer tipo de doença reumatológica, respiratória e gastro funciona e muito).
  • Ao acordar tomar um copo de água morna com meio limão espremido faz maravilhas pelo seu organismo alcalinizando-o e limpando os intestinos.
  • O suco de luz na centrífuga ou batido e coado após a agua com limão – couve ou espinafre, beterraba ou inhame ou cenoura, um pedaço de gengibre e uma maça pequena (orgânicos se possível) e você terá uma dose de vitaminas naturais que o Centrum claramente não vai te oferecer. Este suco é rapidamente absorvido pelo corpo justamente por não ter fibras, são vitaminas direto no sangue. Meus filhos tomam, meu marido, eu, maravilha! Para meus amigos corridos ou sem paciência fica uma dica fantástica, já existe em SP entrega de sucos com a Ana e a Silvia da empresa Do Vivo. O suco delas é uma delícia!
  • No café da manhã em seguida do suco verde ou no lanche da tarde tentar tomar um shake verde ou green smoothie sem coar para ter o benefício das fibras – folhas verdes ou ervas como hortelã, salsinha, coentro, manjericão e uma ou duas frutas (40% vegetais e  60% frutas para começar, com intenção de aumentar a proporção de vegetais). Para quem quiser ousar, é uma boa hora de inserir SUPER FOODS como avocado que dá cremosidade, maca, spirulina, chia, linhaça, gengibre, pimenta caiena, curcuma, cacau nibs para citar alguns) e também quem sabe colocar um leitinho de oleaginosas para alimentar ainda mais.
  • Comer uma salada linda ou um super wrap de vegetais no almoço ou até no lanche (vou ensinar daqui a pouco).
  • Tomar chá de gengibre, canela, cravo e cardamomo para aquecer, limpar e dar energia no lugar do café. Pode ser também feito com chá verde para quem sente falta do super “kick” que o café dá – café todo dia não! Acidifica o organismo, organismo ácido é ambiente para desequilíbrios e doenças.
  • Evitar comer frutas ou beber sucos durante o almoço e jantar. Explico – a fruta é digerida mais rápido que os outros alimentos, você come proteína, carboidrato e por cima manda um suquinho, uma fruta – o organismo começa a digerir os outros alimentos e no final a fruta fica fermentando até que todos tenham sido devidamente metabolizados – confusão, sinal vermelho. De novo, vez ou outra, tudo bem, mas em todas refeições, para que? Fora que água e suco durante a refeição diluem o suco gástrico também atrapalhando a digestão.
  • Ninguém precisa de quantidades enormes de proteína em todas as refeições. Coisa de brasileiro exagerado comer carne como se toma água (hello, os bois tem hormônio, gordura, entopem suas preciosas veias, novamente – exagero para que?). Carne umas três vezes por semana para quem não vive sem. Para quem conseguir, proteína animal de 3 a 4 refeições por semana está ótimo (orgânica sempre que possível). Um queijinho de cabra ou búfala umas duas, um ovinho orgânico outras duas, quinoa ou feijão em outras. Para quem já está libertado de tudo isto e não se preocupa tanto com as proteínas, cuidado para não cair de boca no carboidrato. Aí continua ruim né?
  • Vegetais crus e no vapor, orgânicos com um fio de azeite ou um molho rápido de tahine e limão, ou um molho de missô, água e semente de gergelim, divinos!
  • Faça uma experiência para maneirar no sal. Compre ele sempre marinho ou o pink himalaian salt e misture uma parte de sal marinho para doze de gergelim – exemplo – 12 colheres de chá de gergelim para 1 colher de chá de sal. Torre as sementes de gergelim (se quiser fazer RAW podem ser cruas ou desidratadas) levemente e processe no moedor de café (eu uso um da Krups que ficou só para gergelim, linhaça e farinhas de oleaginosas) ou soque tudo num pilão e coloque num “saleiro” mais aberto. Fica ótimo em sopas, saladas, arroz integral e quinoa.
  • Use farinhas de oleaginosas para empanar frangos e peixes e asse-os no forno. pode ser uma farinha fina ou mesmo uma farinha mais pedaçudinha. Meus filhos e meu marido adoram frango com castanha do pará.
  • Claro que batatas doces, inhame, mandioquinhas orgânicas são infinitamente superiores a um macarrão. Acho que nem preciso discorrer sobre o assunto – quanto mais perto da natureza melhor né? E batata inglesa não é exatamente uma maravilha nutricionalmente falando, então é bom maneirar.

WRAP DE VEGETAIS

Quem me apresentou o Wrap de Vegetais foi o cozinheiro de mão cheia Deva do My Yoga. Uma surpresa para lá de agradável descobrir uma nova maneira de comer uma salada, embrulhadinha, parecendo um presente ou um temaki. Manuela Scalini também ensinou a gente a fazer um tipo na fazenda.

No Brasil as algas são tostadas, portanto não é exatamente Raw, para ser Raw pare na couve e esqueça a alga.

Fiz um hoje aqui em casa. Acrescentei meu patê ou molho de cenoura divino. Uma ótima dica para quem tem “preguiça” de comer salada.

Ingredientes

Tirinhas de pepino, cenoura, tomate, folhas de couve, agrião. Use sua imaginação!

Folhas de alga nori

Molho ou pate de cenoura – 1 cenoura grande, 2 colheres de sopa de oleo de gergelim, 1 colher de sopa de gergelim, gengibre e shoyu a gosto batidos no liquidificador (se não bater, coloque um pouquinho de água).

Colocar os vegetais sobre o pate

Colocar as folhas de agrião

Enrolar bem apertadinho

Pacotinho com cebolinha pro laço

Espero que gostem!

7 comentários sobre “Retiro Raw Food e Wrap de alga e vegetais

  1. Renata A. Lotufo disse:

    Rê, vc disse tudo! Tb não consigo chegar ao extremo, mas é sempre bom introduzir novos hábitos saudáveis na alimentação da família toda! bjs

  2. Claudia Sutter disse:

    Amei Re!!!

    Ja to no suco verde faz tempo. Gosto de colocar hortela e as vezes sementes de gergelim. Na epoca quis fiz detox com uma nutricionista, recebia suco verde em casa. Ele era power!!! Energia pura. Fazia 2 horas de ginastica sem fome. O que preparo aqui eh bom, mas falta algum segredinho….. Vamos tentar descobrir porque o suco dela aumentava tanto meu pique? Agora estou meio sem vergonha com minha alimentacao. Adotei alguns bons habitos, mas abandonei outros (espero que temporariamente), sei la estou ansiosa, mudanca de cidade, perda da minha avo….. Ano que vem comecarei uma nova vida com muito mais qualidade. Quero ter horta em casa, plantar meus temperos, verdurinhas,….. Comer tudo somente integral, ter tempo para cozinhar,…. Vou adorar receber suas dicas e espero poder descobrir coisas legais tambem. Fiquei interessada no seu retiro. Quem sabe faco no ano que vem. Quando meu cacula teve alergia alimentar, comecei a olhar para alimentacao com outros olhos, mas vc tem toda razao, tambem gosto de uns pecadinhos de vez enquando. Descobri um lugar barbaro chamado Espaco Zym. Tem restaurante, aceitam encomendas, fazem um pao de queijo de mandioca maravilhoso,….. Veja o site e va conhecer as proprietarias que sao muito fofas!!! Beijos

    Clau

    Sent from my iPad

  3. Claudia Sutter disse:

    Oi Re, acabei de receber seu post de alimentacao e justo nessa semana estou me recolocando na linha…rsrsrs Semana que vem mudo para Aracatuba. La vou me dedicar mais aos bons habitos. Ate coqueiro tenho dentro de casa, acredita? Ah, quanto ao gengibre, que vc mencionou e eu nao respondi antes (hahahaha, santa correria) ja coloco em suco e comida todo dia. Amo!!! Pimentao tambem eh tudo de bom. Hoje fiz um suco maravilhoso para o lanche da tarde com melancia, agua de coco, suco de limao e hortela. Imagina como meu rim vai trabalhar….. Voce chegou a pesquisar o site do Espaco Zym? Voce ja ouviu falar? Se nao conhece, tenho certeza que vai amar. La ha cursos de culinaria. Ja tomei sucos e chas maravilhosos. Nao deixe de experimentar o pao integral e pao de queijo de mandioquinha deles. Divinos. Agora vivendo em Aracatuba, a vida eh a base de churrasco. Vou inventar uns churrascos vegetarianos (ja faco alguns). Claro que um peixinho pescado ali no limpissimo Rio Tiete estara sempre na brasa. Precisamos combinar de voce me visitar com Cris, Helo, Moira. Feliz 2013 com muita saude, paz, amor e serenidade. Bjs
    Clau

  4. renatarea disse:

    Clau querida, acho que voce vai ter uma vida muito boa em Araçatuba. Longe desta correria, consumismo e desta cidade bem esnobe que é SP… Aproveite muito seu novo tempo. Nem me fale de se recolocar na linha. Eu curto a comida natural mas curto demais comer em geral… kkk. Em casa sou “boazinha”. Mas basta sair para ficar suscetível as tentações. Mas este ano, sem curso de culinária francesa e me dedicando ao blog eu sei que tudo vai melhorar. Vou trocar o curso pela academia… kkkk. Boa sorte na sua nova vida. Quem sabe consigo ir com a Helo te visitar??? Bjs 1000 Re

  5. Claudia Simon disse:

    Tata, ameiiiiii…. estava p entrar no seu blog e na correria acabei conseguido hoje so. Parabens pelo site e pelas dicas incriveis… adoro me alimentar bem, procuro sempre manter uma alimentacao saudavel, mas tem tantos alimentos que nao encontramos facilmente e tantas dicas boas que nao temos acesso…., ainda mais nesta vida maluca de mercado financeiro. Amei suas dicas e eh mto gostosa a forma como vc escreve .. Preciso aprender onde comprar os alimentos e tb as dicas praticas para quem nao tem muito tempo…. vc podia organizar algumas turmas para dar aulas… ia amar!!
    Bom, parabens mais uma vez… beijos Kuka Simon

    • renatarea disse:

      Kukinha linda e querida, estamos caminhando para um tempo, onde comer bem vai ser uma das unicas chances de viver bem… o transito nao vai melhorar, todos trabalham demais, temos cada vez menos tempo de nos cuidar e nos divertir. Mas paramos todos os dias para comer, várias vezes por dia… Entao… vamos comer melhor! Bjs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s