FELIZ 2011

Acaba o ano, no calendário inventado pelos homens. Na verdade tudo continua, mas há uma energia de renovação e de esperança em cada um de nós. São milhões de pessoas com um mesmo pensamento – ”ano que vem a vida vai ser melhor” para alguns “eu vou ter mais amor”, “outros eu vou ter mais dinheiro”, crentes “vou estar curado”.

Fica a sensação de fechamento, encerramento. Dias melhores virão. Para a humanidade, doenças terão suas curas descobertas, políticos vão parar de enxergar suas gordas contas bancárias para enxergar as contas vazias de seu povo. Pais e mães vão ver que seus filhos precisam de mais amor e limites, e menos roupas e brinquedos . Homens e mulheres vão tentar olhar um pro outro e lembrar porque se apaixonaram um dia, ao invés de fugirem de estar juntos. Escolas vão pensar um pouquinho menos no lucro e mais em ensinar e nutrir melhor seus alunos. Desejos…

Este ano não foi exatamente fácil para mim… não foi dos piores, mas faltou muito do que me anima e me alimenta a alma. Crescemos viciados em certos padrões e é difícil mudá-los. Não deixei barato, não deixei bater a depressão, dancei muito, me dediquei a ficar melhor fisicamente para ajudar o espírito a passar por algumas aceitações. Esbravejei mais do que costumo, principalmente no final do ano, quando trabalhando demais, dormindo pouco, dançando, cuidando com dedicação dos pequenos, me senti esgotada. Tive reações de espanto de muitos que amo. Estão acostumados com a minha “doçura” e com o meu silêncio quando não gosto de algo. Sempre boa, sempre tão compreensiva. Acabou sobrando mais pro marido, que compartilha do dia a dia… Mas mesmo com um ano assim, duro para os dois, continuamos, existe amor verdadeiro entre nós. Temos uma família maravilhosa, filhos muiiiiitoooo especiais.

Pontos altos – aprendi muito com a fotografia, fui pro Maranhão com pessoas que nao conhecia e descobri seres humanos com olhares e almas incríveis.

Na dança o mesmo, cada uma com sua profissão, sua vida, mas na sala de aula, todas buscando unir corpo e alma através da arte mais delicada e completa, sutil, que une todos os sentidos.

Os filhos – nutrir, educar, investir tempo, amor, dedicaçao a formar estes pequenos seres humanos – trabalho arduo, mas certamente o mais gratificante e importante para a humanidade. Agradeço por esta incrível oportunidade.

Eu – mais falível que gostaria, mais fraca… mais humana talvez? Com certeza mais humilde.

Desejo a cada um de vocês que por curiosidade lê este texto que em 2011 aprenda, ouça, mas que não deixe de ser você. Jamais. Com humildade e perseverança, compaixão e compreensão, não apontando somente os erros alheios mas olhando para nossos erros e tentando melhorá-los, curtindo nossos acertos e apreciando também os do próximo, seguiremos em frente.

Que a música de sua vida não seja uma música calminha e bobinha. Que seja um tango, um rock, que tenha emoção, acordes variados, que cresça, evolua. Não tenha medo, não passe a vida temendo o que nem vai acontecer. CORAGEM + AMOR, isto sim faz o espírito evoluir!

FELIZ 2011 – CORAGEM + AMOR, não se esqueça, e em 2012, me conte como foi! Tomara que eu tenha muitas coisas boas pra contar!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s